Navegación por
Categoría: Repensando o futuro

Artigos de opinión e reflexión política.

Mudar a escala de valores para mudá-lo todo

Mudar a escala de valores para mudá-lo todo

Vivemos num tempo histórico muito interessante pelos câmbios e as contradições e, não estou a falar da política partidária e institucional, estou a falar da sociedade e da sua escala de valores. Até a chegada da crise (precrise) do 2008 as coisas na sociedade estavam claras e pelo tanto o que era bom e o que era ruim debuxava-se com linhas mais definidas e grossas. Case 8 anos depois todo é muito confuso. E é confuso porque na atualidade a…

Ler máis Ler máis

Passado, presente e futuro do nacionalismo galego

Passado, presente e futuro do nacionalismo galego

Passado, presente e futuro do nacionalismo galego DO PASSADO. Quando o nacionalismo representado pelo BNG se precatou que uma vez chegado ao 25 % dos apoios eleitorais se encontrava diante dum “teito de aceiro” e que pelo tanto não era capaz de recavar mais percentagem de apoios iniciou um processo de moderação com o objectivo de seduzir outros sectores da sociedade.  A moderação não lhe permitiu ampliar as bases sociais de apoio, mas pela contra conseguiu gerar descontento, enfado e…

Ler máis Ler máis

Os erros de NÓS Candidatura Galega

Os erros de NÓS Candidatura Galega

Dando por acertado o caminho de intentar sobrevivir em solitário, porque é uma opção política muito legitima, há erros importantes que pudemos ter evitado se a confiança e o bom fazer para intentar seduzir a sociedade galega fosse o objetivo. Penso que a nossa campanha não  transmitiu a ideia de que se quisera seduzir a sociedade galega, mas bem deu-me a imagem de que  buscava “chufarse” do bom galegos e galegas que somos. O primeiro erro foi deixar em evidencia…

Ler máis Ler máis

INSCREVER para DEBATER e CONSTRUIR a GALIZA do FUTURO.

INSCREVER para DEBATER e CONSTRUIR a GALIZA do FUTURO.

Há um par de semanas dizia publicamente que um pequeno grupo de pessoas estávamos reflexionando sobre a situação política do nacionalismo galego. As nossas reflexões ficarão acompanhadas das eleições primárias de Nós Candidatura Galega. Os 442 votos de apoio obtidos por um discurso alternativo ao maioritário dum censo aproximado de 2500 pessoas com uma participação entorno ao 70 % deixou-nos ver que estamos vem encaminhados é que se faz necessário seguir avançando. Galiza não é uma nação ilhada do mundo…

Ler máis Ler máis

A quem votas, votando a Miguel Anxo Abraira!

A quem votas, votando a Miguel Anxo Abraira!

Busca a tua mesa de votação no seguinte enlace: http://polaunion.gal/wp-content/uploads/2015/11/MESAS-A-CORU%C3%91A.pdf  O MEU PASSADO. O meu nome é Miguel Anxo Abraira Sobrado, vivo na paróquia de Calhovre no Concelho de Minho, tenho 46 anos, casado, um filho e uma filha galego falantes e são autónomo sendo o proprietário duma pequena conserveira de vegetais que elabora cebola para fazer empanadas (vendemos-lhe a panarias e pastelarias). A minha companheira trabalha, também como autónoma, a nossa Casa Pousadoira que é uma das primeiras casas…

Ler máis Ler máis

DIARIO DE PRE-CAMPANHA 04/11/15

DIARIO DE PRE-CAMPANHA 04/11/15

UNIDADE SIM. UNIDADE NÃO. GANHAR O FUTURO! Quando começamos a falar de unidade era preciso falar da mesma sem antepor barreiras porque do contrario o debate não seria tal. Arriscar como o fixo o nacionalismo a falar de unir sem excluir é um jogo perigoso porque um pode verse envolto num debate tramposo que cause desorientação e perda de credibilidade na base de simpatizantes, mas também pode resultar clarificador para a mesma e incluso para as pessoas que não são…

Ler máis Ler máis

DIARIO DE PRE-CAMPANHA 03/11/15

DIARIO DE PRE-CAMPANHA 03/11/15

  DIREITO A DECIDIR Hoje é um desses dias no cal o pessimismo se apoderou de mim e pergunto-me porque me terei eu metido na “liada” das primárias de IpU. Sei que uma vez mais vou ser considerado um incontrolado, um radical, um friki, …. depois de todo digo coisas que não terem sentido para a maioria das pessoas; mesmo algum pensara que defendo uma Galiza atrasada falta de modernidade porque imaginar um futuro sem carros voadores, sem maquinas tele-transportadoras,…

Ler máis Ler máis

DIARIO DE PRE-CAMPANHA 02/11/2015

DIARIO DE PRE-CAMPANHA 02/11/2015

No dia de hoje fui declarado oficialmente candidato ao Senado pela província da Corunha nas primárias de Iniciativa pola Unión. Iniciativa pola Unión é para muitas pessoas a plataforma do BNG. Não vou dizer que não haja algo de verdade nesta afirmação mas também é certo que há partidos muito minoritários apoiando e que também estamos pessoas não militantes do Bloque. Quantas pessoas? Pois não saberia dizer. Há anotadas para  votar cerca de 4000. Case 4000 pessoas são muitas pessoas,…

Ler máis Ler máis

Inscrição nas primárias de Iniciativa pola Union para votar e conformar a candidatura galega unitária.

Inscrição nas primárias de Iniciativa pola Union para votar e conformar a candidatura galega unitária.

http://www.polaunion.gal/ http://www.polaunion.gal/formulario/ Com a aprovação do regulamento de primárias de IpU está iniciativa deu começo ao processo de eleição das pessoas que conformarão as listas com as que se vai apresentar a candidatura galega de unidade popular às eleições gerais de Dezembro, e que procura conseguir a maior representação possível para formar um grupo parlamentar galego próprio e independente no congresso dos deputados. O regulamento permite que nos apresentemos pessoas não militantes em nenhuma organização partidária. Era e é esta…

Ler máis Ler máis

Podemos: um estorvo para ganhar.

Podemos: um estorvo para ganhar.

Há vezes que há que escutar o que te diz, sobre todo se o que te diz é sempre o mesmo. Em política também. Empenhamos-nos em querer mudá-lo todo com um amplo acordo que nos permitisse sair a ganhar. Um acordo que respeitasse o nosso ser diferencial com uma candidatura nacional galega e com um grupo parlamentar soberano onde estivéssemos representados todos os galegos e galegas que nos sentimos de esquerda e galegos. Intuímos que esse grão acordo ia conseguir uns…

Ler máis Ler máis