Navegación por
Categoría: Repensando o futuro

Artigos de opinión e reflexión política.

COLAPSO

COLAPSO

Miguel Anxo Abraira Voceiro Nacional de LiGanDo-LGD   Cada vez son mais os “estudosos” que defenden que a sociedade occidental non está en crise senón que esta inmersa nun proceso de colapso de modo de vida e polo tanto de civilización. Carlos Taibo no seu libro Colapso cita dous factores  como os principais desencadeamentos do colapso global: a mudanza climática e a escaseza de recursos. Segundo Dimitri Orlov, outro defensor da teoría do colapso, este consta de 5 fases: colapso…

Ler máis Ler máis

TABARNIA E CORUVEDRA, DO TABERNÁCULO Á TABERNIA

TABARNIA E CORUVEDRA, DO TABERNÁCULO Á TABERNIA

Hai tempo dabondo que o bardo Ferreiro cualificou como Ananos a aquela caste de emigrantes desarraigados e orgullosos da súa ignorancia. A demagoxia daqueles anos de franquismo e folklorismo fascista quixo ver nelo unha xeralización ao colectivo emigrante. No en tanto ao entrar naquel local aclimatado en busca dos irmaus da emigración, axiña albiscavamos a que xorne de emigrante aludía o poeta daquel  Viaxe ao País dos Ananos. Trala victoria do independentismo catalán nas elecións forneadas pola dereita centralista do…

Ler máis Ler máis

A SOLIDARIEDADE

A SOLIDARIEDADE

Uma das coisas que mais abunda em política são os profissionais da imprenta. Os profissionais de imprenta política são essas pessoas que desde um posição de superioridade moral repartem cartões de autenticidade. O mais curioso destes profissionais não é a sua capacidade para dizer e definir quem é de esquerda, nacionalista, patriota, ecologista, …… senão que o é a sua capacidade para situar-se na superioridade moral para ser quem de fazer a função de juiz e vali-dador para emitir os…

Ler máis Ler máis

No es no!

No es no!

Desde as eleições gerais de 2015 nas quais o PP consegue ser o partido mais votado pouco tem acontecido na política do estado e na galega que merecesse uma reflexão escrita. Nem sequer os 6 escanos do BNG, produto principalmente, ao meu entender, duma péssima actuação do candidato da Marea, Luís Villares, mais que duma brilhante actuação da candidata do Bloque, Ana Pontón. Com isto não quero desmerecer o papel de Pontón o que estou a dizer é que a…

Ler máis Ler máis

A calma chicha da metade.

A calma chicha da metade.

É tan fina e transparente a membrana que separa as dúas Galizas que case ninguén sabe da súa existencia. A calma dun lado (o dereito) da membrana moi poucas veces se altera. A axitación do outro lado (o esquerdo) soe ser constante. A membrana é elástica e a axitación do lado esquerdo non interfire na calma do lado dereito; como moito consegue que se dea un movemento silencioso para asegurar a súa calma chicha. A desesperación do lado esquerdo dáse…

Ler máis Ler máis

As minhas respostas às vossas críticas!

As minhas respostas às vossas críticas!

Há uns dias que saiu publicada em Galicia Confidencial uma entrevista que nos fizer a Carlos Aenlle Varela e mais a mim pela recém criação do partido político arredista LIGANDO. A entrevista contou com bastantes leituras ou quando menos bastantes comentários muitos deles críticos com o feito de defender a causa nacional galega, outros por ser ser uns “frikis” e também por não cumprir com o nacionalismo galego ortodoxo. Dende aqui quero responder a este três grupos principais de críticas:…

Ler máis Ler máis

Vacas e “cumpleaños feliz”!!

Vacas e “cumpleaños feliz”!!

Aconteceu na Galiza uma vez mais. Ontem tocou-nos ser centro e periferia deste mundo infernal que é o capitalismo ocidental!! Ontem um homem meio impedido passou pelo julgado porque mal alimentou e se lhe intoxicarão algo mais duma dúzia de vacas por mor da sua situação económica e de destruição pessoal a que chegou por ver a sua vida arruinada por culpa das política agrárias da União Europeia. Os setores mais sensíveis da sociedade com os animais pedem uma sentencia…

Ler máis Ler máis

Mudar a escala de valores para mudá-lo todo

Mudar a escala de valores para mudá-lo todo

Vivemos num tempo histórico muito interessante pelos câmbios e as contradições e, não estou a falar da política partidária e institucional, estou a falar da sociedade e da sua escala de valores. Até a chegada da crise (precrise) do 2008 as coisas na sociedade estavam claras e pelo tanto o que era bom e o que era ruim debuxava-se com linhas mais definidas e grossas. Case 8 anos depois todo é muito confuso. E é confuso porque na atualidade a…

Ler máis Ler máis

Passado, presente e futuro do nacionalismo galego

Passado, presente e futuro do nacionalismo galego

Passado, presente e futuro do nacionalismo galego DO PASSADO. Quando o nacionalismo representado pelo BNG se precatou que uma vez chegado ao 25 % dos apoios eleitorais se encontrava diante dum “teito de aceiro” e que pelo tanto não era capaz de recavar mais percentagem de apoios iniciou um processo de moderação com o objectivo de seduzir outros sectores da sociedade.  A moderação não lhe permitiu ampliar as bases sociais de apoio, mas pela contra conseguiu gerar descontento, enfado e…

Ler máis Ler máis

Os erros de NÓS Candidatura Galega

Os erros de NÓS Candidatura Galega

Dando por acertado o caminho de intentar sobrevivir em solitário, porque é uma opção política muito legitima, há erros importantes que pudemos ter evitado se a confiança e o bom fazer para intentar seduzir a sociedade galega fosse o objetivo. Penso que a nossa campanha não  transmitiu a ideia de que se quisera seduzir a sociedade galega, mas bem deu-me a imagem de que  buscava “chufarse” do bom galegos e galegas que somos. O primeiro erro foi deixar em evidencia…

Ler máis Ler máis